Embaixadora da Noruega festeja Noite do Bacalhau

A Noite do Bacalhau já virou uma tradição no calendário diplomático da cidade. A festa acontece todos os anos entre os meses de maio e julho para celebrar o peixe mais amado do Brasil: o Bacalhau da Noruega.

Este ano, a festa acontece no Clube das Nações, hoje, 27/06, e  quem se encarregará do cardápio do evento é o buffet Fernanda Oliva Buffet, que há vinte anos atua na cidade. Nesta edição, em vez de empratados, teremos um jantar sentado.

  Os pratos foram cuidadosamente aprovados pela embaixadora, que está encerrando seu posto em Brasília no mês de agosto.

Por isso, a tradicional Noite do Bacalhau, organizada anualmente pela Embaixada da Noruega em Brasília, será duplamente especial porque marca a despedida de Aud Marit e a comemoração do aniversário dos 175 anos de amizade entre Brasil e Noruega, uma parceria nascida em 1842 quando a primeira leva de bacalhau foi enviada para o Brasil.

embas
Embaixadora da Noruega Aud Marit Wiig

A decoração fica a cargo de Maria Palhares, da Table Parfaite.

HOMENAGEM – O tema sugerido para a Noite do Bacalhau de 2017 é “Quem quer bacalhau?! Os 175 anos de amizade entre Brasil e Noruega”.

A frase “Quem quer bacalhau?” foi imortalizada pelo grande comunicador e apresentador carioca,  José Abelardo Barbosa de Medeiros, mais conhecido como Chacrinha que, este ano, completaria 100 anos de idade.

Chacrinha faz parte da história da TV brasileira. Entre os anos 50 e 80, manteve um programa de auditório no qual apresentava nomes hoje conhecidos da música nacional e promovia novos cantores em seu show de calouros.

Frequentemente, Chacrinha distribuía bacalhau para seu auditório, lançando o peixe para quem estivesse na plateia, o que causava um verdadeiro frisson.

TRADIÇÃO– A Noite do Bacalhau foi criada pelo Conselho Norueguês da Pesca (CNP) em comemoração ao sucesso do produto norueguês que é vedete na mesa do brasileiro, principalmente, em datas festivas como a Páscoa e o Natal.  

O CNP tem escritório de representação no Rio de Janeiro desde 1993 para acompanhar de perto e incrementar cada vez mais essa amizade. “Um terço do bacalhau da Noruega seco e salgado é exportado para o Brasil”, ressalta Vasco Duarte, assessor de Marketing do Conselho.

Em novembro de 2015, o comércio de bacalhau da Noruega para o Brasil ganhou um impulso ainda maior com a visita do príncipe herdeiro Haakon (fotos pelo link:  http://www.royalcourt.no/fotoalbum_presse.html?tid=71551&sek=29785&kategori=113149 ).

TIPOS DE BACALHAU – O bacalhau de verdade é chamado de Gadus Morhua, usado na tradicional bacalhoada. Mas o brasileiro também aprecia muito o Saithe, o Zarbo e o Ling, que são pescados tipo bacalhau. O Saithe é indicado para o preparo do bolinho de bacalhau; já o Ling fica melhor em assados e grelhados. Para pratos desfiados, os caldos e pirões, a dica é o usar o Zarbo.

Gadus morhua é o legítimo bacalhau originário das águas frias e cristalinas dos mares que circulam o Pólo Norte e que  garantem a qualidade e o sabor único desse peixe. Ele vive em águas rasas, sendo facilmente encontrado a 35 metros de profundidade. Em períodos de reprodução,  migra para águas ainda mais rasas e calmas, perto da costa, e desova em locais mais quentes.

A espécie mais comum é o chamado Bacalhau do Atlântico, que habita as costas da Noruega, Islândia, Groelândia, Mar de Barents, Labrador, Terra Nova, Nova Escócia e também as costas americanas. Já no Oceano Pacífico, são encontradas outras variedades de bacalhau, como é o caso do Macrocephalus.

O principal destino dos cardumes de bacalhau, na fase adulta, é o Arquipélago de Lofoten, região a noroeste do mar da Noruega, onde se realizam as maiores pescarias de bacalhau no mundo.

Mas é a cidade de Ålesund, também na Noruega, que é conhecida como a capital mundial do bacalhau. É lá que se encontram as maiores indústrias de transformação e um dos principais portos de exportação.

PROCESSAMENTO – Logo depois da pesca, o bacalhau passa pelo processo de secagem, resultado de processamento industrial feito com tecnologia de ponta (fotos em anexo) que garante o valor nutritivo do pescado.

A próxima etapa da preparação do peixe a ser exportado é o processo de salga, quando o bacalhau é colocado em tanques cobertos por quilos de sal e onde permanece por cerca de quatro semanas.

Durante as duas primeiras semanas, o peixe fica em salmoura. Depois, é retirado, lavado e armazenado em paletes para permanecer mais uma ou duas semanas descansando em sal. Conforme o tamanho e a espessura do peixe, chega-se a trocar o sal mais de uma vez.

Finalizada essa etapa, o pescado vai para a secagem em câmaras de ar por dois a cinco dias e, então, segue para o controle de qualidade para ser pesado, embalado e exportado em containers refrigerados entre 2 e 4 graus.

 NATURAL –  Todo o processamento do bacalhau é feito sem o uso de química ou conservantes. Além de delicioso, o peixe possui baixo teor de gordura e é rico em proteínas e mineirais; contém vitaminas A, B6 e B12;  é também uma poderosa fonte de Ômega 3. Uma vez dessalgado, o bacalhau ganha aproximadamente 35 % de volume. Por isso, rende mais.

Grife gastronômica no Brasília Ice Park

Grife gastronômica no Brasília Ice Park

Chef Mara Alcamim assina espaço gastronômico do Brasília Ice Park

O evento, realizado de 24 de junho a 13 de agosto, no Pontão do Lago Sul, celebra a chegada do inverno com muita diversão, além de lanches e comidinhas de qualidade

Ao celebrar a chegada  inverno em um ambiente aconchegante, oferecendo às famílias um entretenimento único para todas as idades, o Brasília Ice Park apresentará diversas opções de diversão, com muitas novidades no decorrer dos 55 dias de programação. Dentre elas, a primeira pista de patinação ao ar livre da América Latina, palco para shows, teatro infantil e cinema ao ar livre, brinquedos infláveis e games eletrônicos com a temática da estação.  Mas não é só. De 24 junho a 13 de agosto, quem conferir o evento, no Pontão do Lago Sul, também poderá desfrutar de um delicioso espaço gastronômico assinado pela chef Mara Alcamim, do Restaurante Universal. Graças à arte da culinária, o evento promete também instigar os mais diversos paladares.

O menu servido pela chef terá delícias para todos os gostos e com preços bem acessíveis. Na cardápio de lanches estão os Burgers Universal POP e BBQ  de ancho, vegetariano ou frango, a R$ 27,0 cada. O POP leva pão, hambúrguer, queijo cheddar, cebola caramelizada e maionese temperada; e o BBQ, pão, hambúrguer, cheddar, molho BBQ, bacon e cebola crispy; Completam o cardápio de lanches: Batata Frita Temperada (R$ 16,00); pastel de carne ou queijo (R$ 22,00 a porção com 8); Hot Dog Candango (salsicha, molho especial de tomate, manjericão e batata palha), a R$ 15,00; e Hot Dog da Mara (salsicha, cheddar, bacon , molho BBQ e cebola crispy), a R$ 18,00.

Aos fins de semana, além dos lanches, também serão servidas comidinhas que fazem muito bem as honras como almoço “mais tarde” e jantinha. Dentre eles, os POP UPS (duas elaborações especiais da chef Mara Alcamim), a R$ 30,00 cada. No sábado e no domingo de estreia tem Arroz de Bacalhau com Linguiça Portuguesa e Picadinho Poivre com Piemontese. Há ainda os Pratos Kids – macarrão com salsicha e molho de tomate ou macarrão com almôndegas ao sugo, a R$ 20,00 cada; Churrasquim de carne, salsichão, frango, queijo coalho ou frango com bacon, a R$ 12,00 cada; e a Jantinha (opções de churrasquinho acompanhados de mandioca na manteiga de garrafa, farofa e vinagrete), a R$ 20,00 cada. E, para esquentar, Caldinho da Dia (R$ 20,00).

Para quem não dispensa um doce, as sugestões da chef Mara Alcamim são: Brigabolo (bolo de chocolate, farofa de pé de moleque e  brigadeiro  de colher servidos num copo), a R$ 13,00 e Maça do Amor (R$ 10,00). Esta última somente no fim de semana.

Durante o evento, a produção vai vender em pontos variados do espaço picolé, sorvete, pipoca, algodão doce.

Os ingressos para acesso ao Ice Park e à pista de patinação poderão ser adquiridos somente na bilheteria do evento, a partir do dia 24 de junho.

 5d8b50cc00a294478e4bab379abef62a

Brasília Ice Park

Abertura no sábado (24/6), a partir das 15h. A pista de gelo será aberta às 17h.

Data: de 24 de junho a 13 de agosto

Local: Pontão do Lago Sul

Horário: das 15h à 1h

Pista de patinação: das 17h à 0h

 

Ingressos:

– Acesso ao Parque: R$ 5,00 (de segunda a quinta) e R$ 10,00 (de sexta a domingo).

– Pista de Patinação: 30 minutos – R$ 30,00, de segunda a quinta; e R$ 50,00, de sexta a domingo.

– Pontos de venda: Bilheteria Ice Park Brasília – Pontão do Lago Sul.

Decor e Novas Tendências

Decor e Novas Tendências

A Mostra Mainline 2017 inaugurou repleta de novidades! Bom gosto é a marca forte desta grife que trouxe várias tendências no quesito decoração de ambientes. Entre os expositores destacamos a participação da arquiteta Mayara Kassiê, arquiteta consagrada em Brasília, e detentora de títulos como o Melhor Ambiente, pelo júri popular, no Casa Cor Brasília.

Para a mostra a arquiteta criou o Lounge de TV, com 57,74 metros quadrados. De acordo com Mayara “o ambiente foi inspirado em uma decoração marcada , criativa e moderna. Foram feitas apostas em paredes diferentes, painel ripado em linhas verticais para quebrar a horizontalidade imposta pela configuração do espaço físico com o painel e a marcenaria que traz detalhes e emolduraram o ambiente. Os espelhos trazem amplitude e ajudam a refletir a luz no ambiente. A intenção foi emoldurar, através de molduras para o rack, para as paredes, para os detalhes. No intuito de elaborar um ambiente aconchegante, confortável, de personalidade forte e fora do contexto não tivemos medo de ousar nas texturas e cores”, afirma.

_DGD6461

As peças escolhidas do mobiliário da Mainline para a composição do ambiente foram os puffs natire na pele, o sofá gareth em tecidos naturais como o couro, para fazerem combinação com a madeira.

Segundo a arquiteta “os móveis são os elementos mais importantes da decoração , e mesmo tendo pontos extremamente clássicos é notória a mistura da modernidade com a criatividade que é o elemento marcante do nosso trabalho”, define.

O conceito básico do ambiente foi transmitir ao visitante conforto e sofisticação. Simplicidade e beleza . Explorar o pé direito baixo que fez o lounge de TV ficar extremamente elegante e harmonioso.

Na Roça do Cota

Na Roça do Cota

Uma das mais tradicionais festas juninas do Distrito Federal, Na Roça do Cota, será realizada no Cota Mil Iate Clube, sábado (17 de junho), a partir das 19h, no Setor de Clubes Sul. Venha e traga sua família para curtir a festança, que está recheada de atrações. Vai ter arrasta-pé dos forrozeiros, quitutes juninos no capricho, pescaria, pau de sebo, touro mecânico, dança de quadrilha, muito forró e música sertaneja de qualidade.

Para animar o arraial, o Na Roça do Cota traz o show de forró da banda Balalaica, comandada pelo músico Rodrigo Castanheira. Os integrantes apresentarão o notório forró universitário que adquiriu um charme todo brasiliense. No mesmo palco, se apresentarão os sertanejos João Arthur e Daniel. A dupla vai apresentar sucessos de Luan Santana, Jorge e Mateus, Rick e Rangel com uma tocada sertaneja conhecida do público brasiliense.

E tem mais: está confirmada a presença da mais tradicional Quadrilha Junina do Distrito Federal: Formiga da Roça, uma das cinco mais importantes do gênero. Formada por 42 casais, a trupe de São Sebastião vai representar o DF na final do campeonato brasileiro de Quadrilhas Juninas em São Luís (MA), nos dias 3, 4, 5, e 6 de agosto. O grupo também se apresentará nos dois maiores São João do Mundo, em Campina Grande (PB) e Caruaru (PE).

O Na Roça do Cota conta com as tradicionais barraquinhas com decoração junina, onde você poderá comprar gostosuras como churrasquinho, canjica, pamonha, galinhada, caldos, pé de moleque, quentão, cervejas, coquetéis, crepes e outras dezenas de petiscos.

Uma das maiores novidades do evento será o Espaço Soneca, dedicado, exclusivamente, para as mamães e papais deixarem as crianças que caírem no sono. Com a vantagem de monitorar a soneca do “piccolino” via telefone móvel.

 

Brasília, a capital do ESPUMANTE

Brasília, a capital do ESPUMANTE

_MG_9853

A Capital Federal bate recorde nacional em vinícolas participantes de um evento de degustação

O Brinda Brasil , evento que já acontece há 7 anos na capital federal, terá mais vinícolas brasileiras do que a Expovinis (SP). 

Já estão confirmadas 24 marcas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Goiás, sendo dez delas inéditas no DF. As vinícolas apostam na recuperação do mercado com safra recorde em 2017 


A sétima edição do Brinda Brasil – Salão do Espumante Brasileiro ainda nem começou e já está batendo recordes. Este ano, o evento que ocupará três ambientes, varanda e jardins do Brasília Palace Hotel, nos dias 28 e 29 de junho (18h às 22h), terá mais vinícolas brasileiras que a recente participação da delegação nacional na Expovinis (maior feira de vinhos da América Latina).
 
Já estão confirmadas para o Brinda Brasil 2017, 24 marcas, com cerca de 100 rótulos que serão abertos ao público para a degustação e compra, no atacado e varejo. Um dos motivos para uma adesão tão significante é a safra recorde de uvas colhidas em 2017, com mais de 750 milhões de quilos de uva colhidos, a maior totalizada no Rio Grande do Sul em todos os tempos.
Rodrigo Leitao, Cris Cavalli e Emilia Carvalho, sócios proprietários do Brinda Brasil
Rodrigo Leitao, Cris Cavalli e Emilia Carvalho, sócios proprietários do Brinda Brasil

“Fomos surpreendidos com o volume final da safra, principalmente em virtude da quebra histórica registrada no ano passado, de 57%. Mas a situação se inverteu esse ano porque a produção de uvas é bastante sensível ao clima e, durante o ciclo vegetativo dessa safra, as condições climáticas foram muito favoráveis”, avaliou o presidente do Ibravin, Dirceu Scottá.

Ingressaram nas vinícolas 750.612.622 quilos de uva. O volume é 5,8% maior que o número registrado em 2011, último recorde registrado, com 709,6 milhões de quilos. Desse total, 89,6% foram de uvas americanas e híbridas e 10,4% de uvas vitis viníferas. Esse ano, 418 vinícolas distribuídas em 68 cidades declararam processamento da matéria-prima, cultivada em 136 diferentes municípios. 
 
Além desse dados divulgados pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), o fato de o Brinda Brasil já ter reunido mais de 12 mil pessoas em suas edições anteriores e conquistado um público de novos consumidores para o espumante brasileiro da ordem de 8% do total de seus frequentadores, também atrai as vinícolas para o evento. Hoje, o Brinda Brasil – Salão do Espumante Brasileiro é o evento do segmento de degustação de vinhos e espumantes que mais atrai público no Centro-Oeste, com média de 870 pessoas por noite.
 
O movimento comercial registrado no Brinda Brasil, desde sua primeira edição, em 2011, já supera a casa de R$ 1,5 milhão anuais em vendas de espumantes, o que representa cerca de 35 mil garrafas a mais, por ano, correspondente a um crescimento de 34%, segundo dados da Superadega, o maior distribuidor de vinhos da região.
 
No Brinda Brasil, além da participação 15% maior de vinícolas brasileiras que na Expovinis, dez marcas inéditas em eventos no Distrito Federal estarão presentes: Cazari (GO), Panceri e Longa Vida (SC) e as gaúchas Weber, Giaretta, Calza, Cave Antiga, Santa Barbara, Casa Venturini e Barcarola.
 
Para este ano, o Brinda Brasil preparou também um Espaço Gourmet com a participação de vários restaurantes, empresas e marcas consagradas da cidade. O público poderá degustar e comprar alimentos dos seguintes estandes de comida: Oliver, Baco Pizzaria, Ilê Frutos do Mar, Bolos do Bê, Delicate Saladas e Conservas, Antonello Monardo, Cantinho do Azeite, A Mineira (Doce Gourmet), Doux Brigaderia, Confiserie, Vanilla Cookieria e Cia, Que Maçã é Essa, Aurum Boutique de Pudim. Além do restaurante Oscar, do próprio Brasília Palace, que estará aberto e atendendo os visitantes do maior Salão de Espumantes exclusivamente brasileiros realizado no País.
O Administrador de Brasília, Marcos Pacco, a Diretora Institucional Cris Cavalli, a Embaixadora do Instituto Brinda Brasil Sonia Couto, a Diretora Operacional Emília Carvalho, e o Diretor Executivo do Brinda Brasil Rodrigo Leitão comemoram o sucesso do evento e a chegada das novas vinícolas.
O Administrador de Brasília, Marcos Pacco, a Diretora Institucional Cris Cavalli, a Embaixadora do Instituto Brinda Brasil Sonia Couto, a Diretora Operacional Emília Carvalho, e o Diretor Executivo do Brinda Brasil Rodrigo Leitão comemoram o sucesso do evento e a chegada das novas vinícolas.
 
O Brinda Brasil – Salão do Espumante Brasileiro é um oferecimento do Grupo Paulo Octávio e do Brasília Palace Hotel, com patrocínio da Bancorbras, GWS Som Luz Estruturas e CH Decoração. Apoiam o Brinda Brasil as seguintes empresas, marcas e instituições: Ibravin, Vinhos do Brasil, Espumantes do Brasil, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Administração de Brasília – GDF, Frente Parlamentar da Uva e do Vinho, Abrasel, Acavitis, Sasse Promocionais, Amigas do Vinho, Prátika Manobrista, Cabify, Figueras Advogados e Vista Terra.
 
VINÍCOLAS CONFIRMADAS:
1. Adolfo Lona (RS)
2. Barcarola (RS)
3. Batalha (RS)
4. Calza (RS)
5. Casa Venturini (RS)
6. Cave Antiga (RS)
7. Cazari (GO)
8. Dal Pizzol (RS)
9. Dunamis (RS)
10. Estrelas do Brasil (RS)
11. Garibaldi (RS)
12. Giaretta (RS)
13. Larentis (RS)
14. Lídio Carraro (RS)
15. Longa Vida (SC)
16. Nova Aliança (RS)
17. Panceri (SC)
18. Salton (RS)
19. Santa Barbara (RS)
20. Valmarino (RS)
21. Viapiana (RS)
22. Villaggio Grando (SC)
23. Weber (RS)

24. DOM (DF)

Maiores informações no site: www.brindabrasil.com

IMG-20170606-WA0003